Roteiro de 12 dias em Santiago do Chile (Parte 1)

12.12.15

    Oláá! Começo dizendo que adorei escrever esse post, me trouxe tantas boas recordações da minha Lua de Mel...Eu adoro falar sobre Santiago... porque foi realmente uma viagem INCRÍVEL! Foi a nossa primeira viagem internacional e passar por essa experiência juntinhos foi algo que nos marcou demais!!! Sempre nos deparamos suspirando de saudades dos dias que vivemos lá. E pra facilitar pra quem pretende visitar o Chile eu vou disponibilizar nosso roteiro, porque eu gastei dias e mais dias preparando esse roteiro, foram muitas pesquisas, e vai ser legal ajudar a quem precise a não perder tanto tempo pesquisando.
     Então vamos lá...

1º dia - Chegamos em Santiago por volta das 16hs, não programei nada para este dia porque a intenção era chegarmos, nos acomodarmos no nosso Flat, conhecermos as redondezas de Providência, jantarmos e dormir cedo para acordar cedo para um dia muito intenso de 'turistagem' rs.


Obs: Nesse post vou me conter a publicar apenas nosso roteiro, aos poucos vou postando dicas, como: melhor bairro para se hospedar em Santiago, empresa de Transfer que escolhemos, onde trocar peso Chileno, porque escolhemos um Flat e não um hotel e também nossa experiência pelo Airbnb, e outras tantas dicas... ;)

2º dia - Visitamos o Centro Histórico. Começamos pela famosa Plaza de Armas, ela é realmente linda, sempre lotada, com muitos artistas de rua. Visitamos o Museu Histórico Nacional (entrada franca), conta toda a história do Chile, pudemos conhecer um pouco sobre a história e cultura do Chile. Passeamos na Paseo Ahumada, uma das principais ruas de comércio do centro, tomamos um cafezinho em um dos famosos Café com Piernas (as garçonetes usam roupas curtas e decotadas, mas não se espante, não é um ambiente vulgar, esses Cafés já fazem parte da história de Santiago, e os cafés são frequentados tanto por homens como mulheres). Na Plaza de Armas se encontram também o Prédio do Correio Central, a Prefeitura, a Catedral e o Museo de Arte Pre Colombino (que por azar estava em reforma). 


3º dia - Visitamos a Vinícola Concha Y Toro (já havíamos feito nossa reserva pelo site para não correr o risco de não ter mais vagas) o Tour pela vinícola é maravilhooooso, o lugar é incrível e a história da Vinícola é no mínimo interessante. Fizemos um Tour com degustação de alguns vinhos e no final fomos presenteados com duas taças para levarmos de lembrança. Voltamos para providência para almoçar por lá, e descansamos a tarde. A noite fomos ao famoso e conceituado Restaurante Como Água para Chocolate (também fizemos reserva pelo site, eles só atendem mediante reserva), a comida é maravilhosa, o preço é salgadinho, mas vale a pena, o lugar é aconchegante, a luz de velas, e a decoração é incrível.


4º dia - Visitamos a Casa do Poeta Pablo Neruda - La Chascona (pagamos $5.000 pesos por pessoa que dá em torno de R$25,00), a história do poeta e de cada cômodo da casa são contados por um áudio-guia, a visita vale cada centavo e a casa é incrível! Ao sair de lá fomos em direção ao Funicular para subir o Cerro San Cristobal, subimos de Funicular até a metade do Cerro que dá acesso ao Zoológico de Santiago, um Zoo bem amplo com muitos animais que não estamos acostumados a ver por aqui, vale muito a visita. Voltamos ao Funicular e terminamos a subida ao Cerro San Cristobal, a vista de lá é incrível, ali mesmo fizemos um lanche, experimentamos as empanadas chilenas e a famosa bebida típica Mote com Huesillos (que nada mais é que um chá mate com semente de trigo e pêssegos desidratados).


5º dia - Subimos o Cerro Santa Lucia, é um Cerro mais baixo que o San Cristobal, a subida se faz a pé, o lugar é incrível cercado de muito verde e de uma arquitetura apaixonante. Do Cerro fomos andando até o Parque Florestal, um parque imenso, impecavelmente bem cuidado, que te faz querer ficar ali pra sempre. Logo em frente ao Parque Florestal se encontra o Museu de Belas Artes, demos uma rápida caminhada pelas salas e pegamos o metrô para irmos até o Costanera Center o shopping mais incrível que vi na vida, muitas lojas de departamento internacionais como H&M, Forever 21, Paris...


6º dia - Na Concha Y Toro conhecemos um casal de brasileiros e combinamos de almoçar com eles no Restaurante Giratório, um restaurante que fica na cobertura de um prédio que gira 360º, ou seja, uma vista de toda Santiago, simplesmente único! Depois do almoço pegamos o metrô e fomos conhecer o Centro Artesanal Pueblito Los Dominicos, uma espécie de lugarejo com terra batida, o lugar perfeito para garantir souvenires e lembrancinhas. De lá fomos para o Parque Bella Vista, lugar lotado de restaurantes aconchegantes, com lounges, comida boa e gente bonita.


     O post ficou muito muito extenso, então optei por dividir em duas partes... Se quiserem tirar alguma dúvida de algum lugar que eu citei, ou qualquer coisa referente a Santiago que ainda não tenha mencionado é só deixar nos comentários que eu respondo! :)

Um beijão,
Rafaela Laczynski 

A segunda parte do roteiro já está disponível AQUI :)

Você vai gostar de ver:

2 comentários